HashFlare

O Facebook concordou com um contrato de licenciamento de vários anos com o Universal Music Group para permitir que seus usuários façam upload de música em seus vídeos. O acordo, que também abrange Instagram e Oculus, permitirá que usuários desses serviços façam upload e compartilhem vídeos que contenham música de artistas da Universal sem que os vídeos sejam removidos devido a violações de direitos autorais como já foram no passado.

O acordo ajudará a resolver os principais problemas de violação de direitos autorais em torno da música na plataforma. O Facebook diz que este é o primeiro passo, mas observou que funcionaria com a UMG para introduzir “produtos baseados em música” em suas plataformas para avançar. Enquanto a UMG é o primeiro rótulo a assinar um acordo de licenciamento com o Facebook, não será o último, já que o Facebook também conversou com a Warner Music Group e o Sony Music Group, de acordo com fontes múltiplas.

A rede social começou a conversar com os rótulos de música em 2015, na medida em que tentou descobrir uma maneira de incorporar música dentro de seus serviços. Na época, o Facebook disse à The Verge que não queria seguir a rota tradicional e criar um serviço de transmissão sob demanda. À medida que as negociações progrediam, o Facebook se concentrou em abordar os problemas de violação de direitos autorais em sua plataforma, um movimento que tornaria felizes seus usuários e a indústria da música.

O Facebook também está criando sua própria versão do Content ID, o serviço do YouTube para identificar o conteúdo dos titulares de direitos de autor em toda a sua rede, de acordo com várias fontes, o que permitiria que os rótulos de música e outros detentores de direitos principais gerenciassem seu conteúdo na plataforma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here