WhatsApp_descobre_brecha_no_aplicativo_e_alerta:_atualizem_o_app

O WhatsApp detectou uma vulnerabilidade que permite ataques hackers em celulares com sistema operacional iOS e Android. Nesta segunda-feira (13), a empresa pediu aos usuários que façam a atualização dos seus aplicativos.

A informação foi divulgada pelo jornal Financial Times. Segundo a mídia, o código malicioso foi desenvolvido pela empresa israelense NOS Group e transmitido pelo aplicativo por meio de chamadas VoIP.

Ainda de acordo com o jornal, o vírus pode ser transmitido mesmo se o usuário não atender às chamadas. Além disso, em muitos casos os registros de chamadas desaparecem, o que faz com que pessoas tenham sido atacadas sem sequer perceberem.

Segundo um porta-voz do WhatsApp, é de extrema importância que tanto o aplicativo quanto o sistema operacional do smartphone sejam constantemente atualizados. Isso protege o aparelho contra potenciais ataques hackers.

Tanto celulares com sistema operacional Apple (iOS) quanto Google (Android) precisam atualizar o aplicativo para ficarem seguros.Tanto celulares com sistema operacional Apple (iOS) quanto Google (Android) precisam atualizar o aplicativo para ficarem seguros.


O WhatsApp ainda informou que trabalhou do dia 10 ao 12 para desenvolver e implantar um patch de segurança, que por sua vez foi lançado na segunda (13), o que reforça que a atualização é essencial neste momento.

A companhia alega, em nota enviada ao jornal, que o ataque possui características de uma empresa já conhecida por trabalhar com governos – a distribuição de um vírus por spywares que faz com que o hacker consiga assumir as funções dos sistemas operacionais dos smartphones.

Por fim, o Financial Times informou que o WhatsApp percebeu essa brecha no sistema de segurança do app há certo tempo. O aplicativo afirma ter divulgado a situação ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos semana passada e ter acionado diversas organizações de Direitos Humanos para compartilhar as informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here